DUAS MÃOS CHEIAS

bday
Foto de hoje! Socorro!!

E lá venho eu com a frase que já vai virar tradição nos aniversários (especialmente nos da Suri): “Queria fazer vídeo, mas não deu”. Eu planejo um vídeo acho que desde o aniversário de 8 anos da Suri, e esse ano foram ainda mais coisas que me impediram de fazer o tão sonhado vídeo (e acho que essas coisas só crescem a cada ano): comprei um computador novo, veio com defeito, devolvi para trocarem e ainda não recebi o novo. O velho, como acho que já falei aqui, praticamente não roda o Vegas e eu levaria no mínimo uns 3 meses pra fazer um vídeo decente!
Passados os mimimis e blá blá blás, vamos ao que interessa! Hoje a Suri fez uma década de vida, duas mãos cheinhas! O que significa que ano que vem sua idade não vai caber nem nas próprias mãozinhas. É a coisa mais louca do mundo pensar que eu estou acompanhando alguns passos de uma garotinha que não tem ideia de quem eu sou e que passei tantos momentos “junto” dela. Foram acenos a paparazzis, muitos cupcakes devorados, assédio de paparazzis, chorinhos de desespero, passeios de patinete, separação dos pais, mais assédio de paparazzis, choros de tristeza, pulinhos e dancinhas de alegria, idas à Disney, tombos de bunda no gelo, e por aí vai. Eu podia ficar aqui só citando momentos que tive o privilégio de ver da vida dela, a quilômetros de distância e por fotos e vídeos, e provavelmente ainda me esqueceria de muitos. A Suri me abriu as portas para um amor que eu não conhecia, um amor que vai além de contato físico e ultrapassa o compreensível e o racional. Eu nunca imaginaria que naquela tarde do fim de 2009, ao folhear uma revista Capricho, eu veria uma foto de uma garotinha de então três aninhos que entraria na minha vida pra virar ela de cabeça pra baixo e continuar virando e desvirando 7 anos depois! A gratidão pelo universo ter colocado essa garotinha na minha vida não cabe em mim, e muito menos em palavras. Suri, você merece toda a felicidade do mundo multiplicada pro todo o amor do mundo só por alegrar tanto a vida da gente. Você não virou só uma parte da minha alegria diária, da minha paz diária, do meu amor diário. Você virou meu refúgio. E, ah, como é lindo o meu refúgio!
Feliz aniversário, que você sempre tenha todo o amor e carinho do mundo e, claro, possa sempre comer quantos cupcakes quiser. Todos os cupcakes do mundo seriam pouco comparados à quantidade de alegrias que você já me trouxe.
Como sempre, amo você (taí uma frase que não importa quantas vezes eu poste, pra mim nunca vai virar clichê).
bday2bday3bday4

Depois posto mais fotos de hoje e outras várias que estou devendo pro blog.

Anúncios
Esta publicação foi postada por Laura.

9 pensamentos sobre “DUAS MÃOS CHEIAS

  1. Morta com essas fotos, princesa perfeita ❤ Não nega que é bailarina na primeira foto hahaha ☺
    Parabéns para o nossa pequena (agora nem tanto 😦 ) princesa, tão encantadora e adorável. Amo tanto que nem sei explicar ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: